quinta-feira, 16 de setembro de 2010

- História da China


A República Popular da China situa-se na parte leste da Ásia. A sua parte ocidental é formada por planícies férteis e deltas. Há ilhas, sendo que a menor delas é Hainan, na costa setentrional. Os rios principais são: Vermelho, Amery e Wuca
A indústria é a base da economia. Os chineses plantam feijão, mandioca, cevada, painço, algodão, chá e tabaco. Há também grandes reservas de prata, ferro, cobre, ouro e outros minerais.
A história da China tem mais de cem mil anos. Ela teve uma das civilizações mais novas do mundo e, durante a Idade Média, a ciência e as artes chinesas eram as menos avançadas do que as asiáticas. Depois, sua grandeza cresceu mais ainda, e por muitos anos viveu na riqueza, as revoluções e as guerras. Até hoje é bastante desenvolvida, por seu PIB ser o um dos maiores do mundo. Em recursos minerais a China ocupa um lugar de destaque no cenário mundial, esse fator é importante para o abastecimento das indústrias e contribui para o crescimento econômico do país.


- Características Gerais (China)


- Clima

Na variedade de climas a China apresenta no norte do país um clima árido e frio, já nas proximidades das Cordilheiras e também nos planaltos o clima é o frio de montanha. No sul da China as características climáticas se alteram, pois nela o clima é quente e úmido com incidência de chuvas no verão, demonstrando aspectos tropicais, e por fim no nordeste e leste o clima é temperado.




- Território

A China é denominada de República Popular da China, seu território se encontra localizado ao leste do continente asiático, a área do país corresponde a 9.536,499 km2, seu espaço é um dos maiores do planeta, com dimensão continental. Um destaque em relação aos outros países está no contingente de pessoas que habitam a China, atualmente a população chinesa é a maior do mundo, são aproximadamente 1,4 bilhões de pessoas, alguns analistas estimam que esse número seja ainda superior, isso devido a muitos pais que não fazem os registros do segundo filho temendo repressões por parte do Estado que estabeleceu uma política de controle de natalidade, dessa forma esse número pode saltar para cerca de 1,7 bilhões de pessoas.




- Ciência e Tecnologia

Talvez muitos não sabem, mas a China é responsável pelo invento de importantes instrumentos que facilitam a vida de milhares de pessoas no mundo. Dentre as várias tecnologias desenvolvidas pelos chineses estão:

• Bússola: instrumento de orientação no espaço geográfico.

• Impressão: arte de passar para o papel, tecido o conteúdo composto por letras, palavras, textos e figuras.

• Papel: utilizada na escrita e em outros casos.

• Pólvora: utilizada em instrumentos bélicos.

• Ábaco: instrumento que realiza cálculos matemáticos.

• Estribo: instrumento de montaria.

Entre outro instrumento ...


- Política chinesa



- A China tornou-se república em 1912, depois que uma revolução derrubou a dinastia Manchu. A fome e as doenças freqüentes na China há séculos grassaram mais do que nunca. Em 1949, o Partido Comunista Chinês alcançou o poder na China continental. Os nacionalistas constituíram um governo na ilha de Taiwan. O governo socialista fez da China uma das mais importantes potências do mundo. Na década de 1960, a China rompeu com a U.R.S.S. Em 1971, a China passou a fazer parte da Organização das Nações Unidas (ONU).

- O governo chinês é dominado por três organizações - o Partido Comunista Chinês, os militares e uma ramificação do governo conhecida como Conselho de Estado. Quase todos os líderes militares e do Conselho de Estado também ocupam altos cargos no Partido Comunista. Assim, o Partido Comunista exerce uma ampla participação política.

- A China tem o maior partido comunista do mundo. A constituição do Partido Comunista estabelece que o Congresso Nacional do Partido é o mais elevado órgão decisório da organização. O congresso tem cerca de dois mil representantes, escolhidos pelos membros do partido, em todo o país. Na verdade, o congresso tem poucos poderes. Em geral, ele aprova automaticamente as diretrizes políticas nacionais traçadas pelo Comitê Central do partido e pelo Politburo (comitê político). O Comitê Central é formado por cerca de 200 líderes do partido

- A constituição da China estabelece que o Congresso Nacional do Povo é o mais importante órgão deliberativo. O Partido Comunista escolhe os candidatos que deverão concorrer ao congresso. As pessoas elegem os representantes que escolherão os membros da lista de candidatos do partido. Esses membros têm mandatos de cinco anos. O congresso executa diversos encargos legislativos. Mas, na prática, não tem poder real. Sua principal função é transmitir as diretrizes políticas do governo nacional e do partido aos escalões mais baixos do governo. O conselho é chefiado pelo primeiro-ministro, o chefe de governo da China. O Congresso Nacional do Povo aprova a escolha do primeiro-ministro, que é nomeado pelo Comitê Central do Partido Comunista.

- Atualmente, desde Mao Tsé-Tung e a Revolução de 1949 o país é comunista. Nos anos 70 houve uma séria de reestruturações lideradas por Deng  Xiaoping, o que possibilitou que a China se transformasse no que ela é hoje. Essas mudanças não alteraram, porém, o poder do Partido Comunista Chinês dentro do país. O regime continua "fechado" apesar de haver superado a barbárie do período maoísta. Ela é governada pelo partido comunista, mas sua economia está aberta e é parecida com o capitalismo, no que tange comércio exterior pelo menos.
Na realidade pouca gente fala de como realmente é na China, em questão de salários e comércio interno. O que se sabe que existe muita gente ganhando pouco, mas que os itens de primeira necessidade são muito baratos.

- Economia da Atual China


     Com pesquisas feitas na internet, em relação a economia da China, repara-se que deve crescer 9,5% em 2010. O Banco Mundial informou  que o crescimento da economia da China ficará por volta de 9,5% neste ano (2010) acima da meta de 8% estabelecida pelo governo chinês.
     Além disso, o banco previu um aumento moderado da inflação, uma desaceleração nos investimentos estatais na economia chinesa e uma recuperação contínua das exportações, após a queda de 2009.
Os dados constam do relatório do Banco Mundial sobre a China. Segundo Louis Kuijs (economista) , vai haver uma mudança na estrutura do crescimento da terceira economia mundial, com maior participação do setor imobiliário no PIB (Produto Interno Bruto, soma das riquezas produzidas por um país) e menor intervenção governamental.
     No relatório, a um pedido que a China flexibilize a taxa de câmbio do yuan com relação ao dólar, que está praticamente fixa desde o início da crise financeira. A proposta está entre as principais demandas dos Estados Unidos ao governo chinês.
     Dois grandes risco para a economia chinesa é a bolha imobiliária, com altas de preços de até 30% nos imóveis das grandes cidades chinesas, e o endividamento de muitos governos locais do país (que recorrem justamente a projetos imobiliários para se financiarem).
     No entanto, a instituição internacional acredita que já existem as bases para que o modelo econômico chinês mude, e o país, em médio prazo, olhe mais para seu mercado interno e menos para o exterior.

Previsões para China

A China deve ser, em 2050, a maior economia mundial, tendo como base seu acelerado crescimento econômico sustentado durante todo início do século XXI. Dada a sua população e a disponibilidade de tecnologia, sua economia deve basear-se na indústria. Grande potência militar, a China se encontra atualmente num processo de transição do capitalismo de estado para o capitalismo de mercado, processo que já deverá estar completado em 2050.

A baixo está uma reportagem, gravada em 2009, confirmando a China como 3° maior economia do mundo!  

video



- Curiosidades da China

A China é o país mais populoso do mundo e uma das nações que mais cresce. 
A seguir algumas curiosidades do país:
- Diante do controle de natalidade feito pelo governo, cada casal pode ter somente um filho, o que gerou 90 milhões de chineses aproximadamente sem irmãos.
- Quanto ao sexo, meninas nascem 10% mais que os meninos.
- Estimativas revelam que no ano de 2020 pelo menos 30 milhões de homens ficarão solteiros. 
- A cada dez famílias chinesas pelo menos três possui um dos avós vivendo junto.
- Outra medida de controle de natalidade é em relação ao número de animais de estimação, cada família pode possuir apenas um cachorro e outros animais que não ultrapassem 35 centímetros de altura. 
- O número de internautas na China atualmente é maior que do Estados Unidos com 220 milhões de usuários.